iLAb é inaugurado na Pedra Branca

O seminário ‘Ambientes de Inovação, Coworking Spaces e Universidades’ foi o evento que marcou a inauguração do Laboratório de Inovação e Empreendedorismo Unisul Pedra Branca (iLAB). O evento realizado na noite desta segunda-feira, 5, apresentou gestores de coworking spaces de Santa Catarina, bem como pesquisadores, empreendedores e inovadores da região da Grande Florianópolis.

A inauguração do iLAB concretiza um movimento que a Agência de Tecnologia e Inovação da Unisl (Agetec) vem desenvolvendo dentro da universidade. “O iLAB é um espaço de referência do desenvolvimento de competências e perfis para a inovação e empreendedorismo”, contextualiza o professor Geraldo Campos, coordenador do projeto.

O iLAB está localizado no Bloco A da Unidade Pedra Branca. Depois da sua inauguração foi promovido o Circuito Habitats de Inovação e Empreendedorismo, em parceria com professores da UFSC. Além do professor Geraldo, participaram do debate Gabriel Sant’Ana Palma Santos, da Midi Tecnológico e ACATE, Marcelo Cazado, do Floripa Angels; e Clarissa Stefani Teixeira, da Universidade Federal de Santa Catarina.

A professora Clarissa Teixeira foi a moderadora do debate e contextualizou as discussões. “Primeiro abordamos do Coworking Spaces recém criado na Unisul. Em seguida, abordamos o processo da incubação de empresas com seus desafios, o case da Midi Tecnológico e Acate. Finalizamos com o perfil de quem investe em projetos inovadores”, relata.

O aluno da oitava fase do curso de Administração, Alexandre IIotta, trabalha na empresa da sua família. No debate ele percebeu que pode aplicar a técnica intraempreendedorismo, mencionada no evento, em sua empresa. “Isso seria uma inovação dentro da empresa que não deixa de ser um empreendedorismo”, completou.

O ILAB conta com a colaboração ode alunos do curso de Publicidade e Propaganda. A aluna da sexta fase, Deise Freitas, participou de um brainstorm na semana passada no iLAB e achou as ideias muito interessantes. “Eu trabalho no Sebrae, então atendo muitos empreendedores. Realmente surgem muitas dúvidas e achei  uma discussão bem interessante”, avalia.

Enquanto o debate esquentava no auditório G, o iLAB promovia o lançamento do projeto TCC Startup. O projeto tem o objetivo de transformar os Trabalhos de Conclusão de Curso em possíveis negócios. “Então nós criamos uma metodologia para que os professores pudessem identificar inovações de empreendedorismo nos TCCs e pudessem criar uma proposta diferenciada para que os alunos transformassem as ideias, que habitualmente elas ficam nas prateleiras da biblioteca, em possibilidades de negócios”, explica o professor Geraldo.

COMPARTILHAR