Professor fala sobre os benefícios da Educação Física para crianças

Por Philipe Guedes Matos -professor do Curso de Educação Física da Unisul

Quando pensamos nas Práticas corporais para as crianças, mas especificamente os bebês e as crianças bem pequenas (0 a 4 anos), qual a real contribuição do profissional de Educação Física no ambiente escolar? Porque existem poucas unidades escolares (creches e centros de educação infantil) com atuação desse profissional?

Os benefícios que a Educação Física escolar proporciona para essa faixa etária são inúmeros, mas vamos nos concentrar no movimento, afinal não conseguimos pensar nesse componente curricular sem o movimento do corpo. Quando a criança nasce ela está recebendo diversas informações novas, inclusive de como se orientar com o próprio corpo no espaço. Muitas das ações do bebê estão relacionadas aos seus reflexos, apesar de serem movimentos involuntários para sobrevivência e postura, eles precisam ser OPORTUNIZADOS. O profissional de Educação Física está preparado para cuidar, observar e oportunizar que a criança se desenvolva de forma natural. Através de experiências com o próprio corpo, ela conhece e reconhece o mundo ao seu redor. O professor de Educação Física também pode auxiliar na construção de um espaço que oportunize o desenvolvimento da criança.

À medida que a criança cresce o acompanhamento desse professor irá ser cada vez mais relevante, visto que temos grandes janelas de oportunidade para o desenvolvimento dos 2 até aos 6 anos de idade. Através das brincadeiras e das experiências oportunizadas o profissional de Educação Física, observa e intervém de forma eficiente para que as habilidades motoras fundamentais sejam desenvolvidas. Saber correr, rolar, equilibrar-se não é importante apenas para ser um adulto ativo, o movimento permite a melhora das capacidades cognitivas à medida que a coordenação vai se desenvolvendo.

As ações pedagógicas que ocorrem na Educação Física não são isoladas, elas dependem e conversam com todos os demais docentes, seja a(o) pedagoga(o), ou as(os) professoras(es) de Arte e Inglês. Para realizar um trabalho efetivo esses profissionais precisam trabalhar de forma articulada, não esquecendo suas especificidades, valorizando a criança.

Por fim, precisamos refletir sobre como inserir o professor de Educação Física nessas instituições de ensino, visto que os benefícios para as crianças são inúmeros, e infelizmente essa não é uma realidade para a maioria das unidades escolares.

COMPARTILHAR