Saiba as novas tendências de atuação da Estética e Cosmética

O aumento da expectativa de vida e a maior preocupação com a aparência, fazem tanto mulheres como homens impulsionarem este mercado

Trabalhar com estética e cosmética é atuar na promoção da autoestima e do empoderamento pessoal. A aplicação de métodos como estética facial, corporal e capilar, uso de cosméticos, técnicas de maquiagem, limpeza de pele, hidratação, depilação e bronzeamento artificial, fazem parte da rotina do profissional da área. Esse tipo de cuidados tem ganhado força entre homens e mulheres e também entre jovens e idosos.

A Estética e as novas tendências de atuação

A preocupação com a beleza está longe de ser supérfluo, pois hoje o bem-estar e a autoestima influenciam diretamente na saúde mental e física das pessoas. É por isso que muitos esteticistas trabalham em parcerias com academias de ginástica, clínicas estéticas e salões de beleza.

É comum também parcerias com médicos em consultórios de dermatologia e cirurgia plástica para tratamentos preventivos e pós-cirúrgicos. Atualmente as clínicas geriátricas têm inovado, oferecendo mais oportunidade aos idosos de relaxamento e autoestima através de massagens e maquiagens. 

O setor turístico, também tem procurado profissionais da área para atuar em cruzeiros, SPAs e hotéis.

As novas tecnologias digitais possibilitaram a divulgação de matérias em blogs e sites voltados para dicas de estética e beleza. Aqui o esteticista precisa se aliar a conhecimentos de comunicação social e empreendedorismo para angariar patrocínios e publicidade.

Setor masculino está despontando

Os homens já representam 30% da clientela das clínicas de estética, segundo a Associação Brasileira de Clínicas e Spas (ABC Spas) e quando o assunto é compras de produtos para cuidar da aparência chegam a 35%.
E, segundo o portal Globo.com, em 2019, o Brasil deverá se tornar o principal consumidor de produtos de beleza masculina do mundo.

Esse nicho de mercado fez com que cursos de atualização especializados no sexo masculino surgissem com força. Uma dica? Esse público tende a se fidelizar de forma mais rápida e duradoura com seus fornecedores.

Laboratório também é lugar para os profissionais de Estética e Cosmética

Trabalhar com fórmulas, reações químicas e pesquisa lhe atrai? Pois saiba que é possível, sim, ter essa função sendo graduado em Estética e Cosmética. Esses profissionais podem auxiliar farmacêuticos em pesquisas, em testes e nos procedimentos de formulação de novos cosméticos.

Empreendedorismo forte e valorizado

Grande parte dos formados na área trabalham em clínicas e consultórios próprios – também porque isso permite rendimentos maiores no final do mês. Esse traço de empreendedorismo é bastante valorizado no setor e é incentivado desde o início da graduação. Em todos os cursos as áreas de Marketing, Administração e Negócios permeiam os currículos.

Possibilidade de oferecer palestras e treinamentos em grandes empresas

Você sabia que esteticistas são contratados por grandes empresas para promover palestras e treinamentos de saúde e bem-estar para os seus funcionários? Além disso, também faz parte da profissão oferecer cursos livres de maquiagem, estética e massagem para o público. A profissão é ou não é diversificada?

Graduação de Estética e Cosmética na Unisul

Posicionado em 1º lugar entre os cursos da área oferecidos por universidades comunitárias e privadas do Sul de Santa Catarina (dados do Portal Inep/MEC, 2017), o curso de Graduação para Tecnólogo em Estética e Cosmética da Unisul esta disponível nos Campi de Pedra Branca e Tubarão. Visando oferecer uma formação mais rápida, ele tem duração de 3 anos, as aulas são no período da noite e são focadas na prática.

Unidades de Tubarão e Pedra Branca oferecem serviços na Clínica de Estética e Cosmética com valores acessíveis

As consultas são agendadas no início do semestre por ligação ou pessoalmente e inseridas em uma lista de espera. Os procedimentos mais procurados são as massagens, drenagens, design de sobrancelhas, limpeza de pele e depilações, realizados pelos estudantes supervisionados por professores, profissionais qualificados na área.